Termos e Condições

Cada "Kit Se Cuida" contém 01 (um) canudo de metal e 01 (um) snack, que será distribuído gratuitamente aos usuários cadastrados.

O Kit estará disponível para retirada até o dia 31 de maio de 2019, no horário das 9h às 17h, na sede administrativa da Unimed Blumenau, localizada na rua das Missões, nº 455, bairro Ponta Aguda, Blumenau (SC).

Válido apenas 01 (um) Kit por CPF cadastrado.
Somente o portador do CPF cadastrado poderá retirar o Kit.
É proibida a comercialização e/ou venda do Kit.
fechar
menu mobile
Novembro

Saúde do Homem

#secuidahein

Confira o vídeo:

Rodrigo Martins Scherer | Beneficiário Unimed

Saúde do Homem

Melhor relaxar: compulsão alimentar entre os homens está associada ao estresse e obesidade

 

 

Situações de muita preocupação, medo e nervosismo fazem o organismo aumentar a fabricação de substâncias como a adrenalina, que em excesso pode se transformar em um inimigo para os homens.  Os sintomas de nervosismo geralmente antecedem situações de ansiedade, e com isso, outros transtornos podem surgir, como a compulsão alimentar.

Além de estar associada a níveis significativos de estresse emocional, a compulsão alimentar pode ser ocasionada por frustrações no trabalho, depressão, entre outros fatores. O distúrbio alimentar é definido como o consumo de grandes quantidades de alimentos dentro de um período curto, e é acompanhado pela falsa sensação de bem-estar e prazer momentâneo. Embora seja um problema mais frequente para as mulheres, os perigos podem ser maiores para os homens, já que eles raramente procuram tratamento para transtornos alimentares.

Em geral, os homens são menos preocupados com a alimentação e acabam não tomando os cuidados necessários para o controle de peso. Segundo o Ministério da Saúde, o excesso de peso é mais comum entre os homens e a obesidade atinge um em cada cinco brasileiros. Por isso, adquirir hábitos de vida saudáveis é o melhor caminho para a prevenção de doenças e promoção integral da saúde do homem.  

 

Hábitos saudáveis e mudanças na alimentação

É possível emagrecer sem recorrer a extremismos nutricionais, apenas com algumas mudanças nos hábitos alimentares. Na busca pelo emagrecimento, há quem aposte as fichas em dietas milagrosas e restritivas, mas está comprovado que o resultado obtido não é mantido por muito tempo. Por isso, prefira uma reeducação alimentar. E ela pode começar com alguns passos simples. Vamos conhecê-los?

  • Procure acompanhamento de um profissional capacitado ou nutricionista para avaliar suas necessidades nutricionais e traçar um plano alimentar adequado;
  • Estipule metas próprias, além dos compromissos assumidos com seu nutricionista, e trace objetivos para potencializar os resultados;
  • Organize sua alimentação em casa e fora de casa;
  • Opte por frutas, legumes, verduras, e evite guloseimas e itens ultraprocessados;
  • Não fique sem comer, fracionar as refeições em pequenas quantidades ao longo do dia é uma saída para que você não sinta tanta fome entre uma refeição e outra;
  • Faça exercícios sempre. A prática de atividade física está diretamente relacionada com saúde e bem-estar e é essencial para o emagrecimento saudável e eficaz;
  • Durma de 7 a 8 horas por noite. O descanso é fundamental para equilibrar o metabolismo;  
  • Evite o consumo de álcool. Além de diminuir a habilidade do corpo de queimar gordura, o álcool é altamente calórico.

Estas dicas podem ser facilmente inseridas no dia a dia e garantem uma perda de peso saudável e sem sofrimento. E além disso, ampliam o bem-estar e ajudam a prevenir doenças.  

Compartilhe:

ler mais
Saúde integral do homem: a prevenção é a melhor forma de evitar doenças

A campanha de conscientização dedicada à saúde do homem no mês de novembro, direciona os holofotes para números alarmantes do câncer de próstata. No entanto, a saúde do homem vai muito além de cuidar apenas da próstata, por isso, é importante reforçar também a prevenção de outras doenças. Em uma perspectiva de saúde integral, a precaução deve fazer parte da rotina com a adoção de hábitos saudáveis.

No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida dos homens em 2019, é de 73 anos, e das mulheres 80. Estudos apontam que homens se cuidam menos e vão pouco ao médico e, assim, acabam morrendo por doenças que poderiam ser evitadas, como acidentes vasculares, infartos, câncer e doenças do aparelho digestivo.

Cerca de um terço dos brasileiros não têm o hábito de procurar ajuda médica para fazer acompanhamento da saúde e prevenir doenças. Para os médicos, os dados são muito preocupantes porque diminuem as chances de recuperação do paciente, já que a maioria deles só procuram tratamento quando algum sintoma, como a dor, por exemplo, atrapalha muito a rotina. 

A realização de check-ups pelo menos uma vez ao ano, principalmente após os 50 anos, deve ser uma prioridade para o rastreio de doenças como o câncer de próstata, problemas nos rins e na bexiga, alterações hormonais e cálculos renais.

Muitas doenças podem ser evitadas, através de alguns cuidados básicos e com a realização de exames periódicos recomendados para cada fase da vida do homem:

  • Após os 30 anos: são recomendados exames de sangue para avaliar a função renal e hepática, marcadores tumorais, taxas de colesterol, glicemia, tireoide e triglicérides e eletrocardiograma.
  • Após os 40 anos: exames de sangue devem ser realizados para avaliar a função renal e hepática, os marcadores tumorais e as taxas de colesterol, glicemia, tireoide e triglicérides, exames urológicos e de hormônios, exame da saúde da próstata (apenas para homens com histórico de câncer na família).
  • Após os 50 anos: todos os exames acima são recomendados e o exame da próstata torna-se obrigatório, anualmente e, em caso de alterações, a cada seis meses.

O diagnóstico precoce aumenta muito as chances de tratamento e cura de doenças, por isso, ficar de olho na saúde é fundamental. Evitar excessos e ter uma alimentação saudável, além da prática de atividade física, são atitudes essenciais para quem quer garantir qualidade de vida. A prevenção é sempre o melhor caminho. Se cuida, hein!

Compartilhe:

ler mais