Termos e Condições

Cada "Kit Se Cuida" contém 01 (um) canudo de metal e 01 (um) snack, que será distribuído gratuitamente aos usuários cadastrados.

O Kit estará disponível para retirada até o dia 31 de maio de 2019, no horário das 9h às 17h, na sede administrativa da Unimed Blumenau, localizada na rua das Missões, nº 455, bairro Ponta Aguda, Blumenau (SC).

Válido apenas 01 (um) Kit por CPF cadastrado.
Somente o portador do CPF cadastrado poderá retirar o Kit.
É proibida a comercialização e/ou venda do Kit.
fechar
menu mobile

Alimentação saudável e exercícios físicos são essenciais para prevenir a hipertensão

Alimentação saudável e exercícios físicos são essenciais para prevenir a hipertensão
Hipertensão é quando o sangue bombeado do coração exerce uma força muito grande contra as paredes das artérias do corpo e os vasos dificultam a circulação. É responsável por 80% das mortes causadas por problemas do coração, 51% dos acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e 45% dos ataques cardíacos em países emergentes como o Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A pressão alta atinge, sobretudo, o coração, afeta um em cada quatro brasileiros e é uma doença silenciosa que requer atenção.

O friozinho típico do outono é um convite para um estilo de vida mais sedentário. Ficar uns minutinhos a mais na cama de manhã, abrir mão da rotina de exercícios físicos ou até mesmo incluir no cardápio uma alimentação mais pesada são atitudes comuns durante as estações frias do ano.

O risco de desenvolver problemas cardiovasculares, portanto, aumenta neste período. O sangue circula menos, acontece a chamada vasoconstrição, quando as artérias se contraem para manter o corpo aquecido. Além disso, com a temperatura mais baixa o corpo transpira menos e retém mais líquido na circulação. Todos estes fatores contribuem para a pressão subir.

Neste cenário, os hipertensos e a população em geral precisam estar mais atentos, principalmente com a alimentação. Segundo o Ministério da Saúde, o brasileiro consome por dia 12 gramas de sódio em média, quase o dobro do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de menos de 5 gramas por dia.

A pressão alta afeta um em cada quatro brasileiros e, segundo a OMS, é responsável por 80% das mortes por problemas do coração, 51% dos acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e 45% dos ataques cardíacos em países emergentes como o Brasil.

A prevenção envolve tanto a aferição regular da pressão arterial quanto a adoção de hábitos saudáveis. É considerado hipertenso quem tem a pressão arterial igual ou maior que 14 por 9, segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão. Neste caso, o primeiro passo é procurar um médico especialista na área e seguir o tratamento clínico indicado. Os profissionais geralmente indicam uma dieta pobre em sal e a ingestão de cerca de dois litros de água por dia, além da prática de exercícios físicos.

Quando não controlada, a pressão alta pode desencadear silenciosamente e em longo prazo diversos problemas em órgãos como coração, cérebro e rins. O tratamento da hipertensão abrange a prevenção das complicações, especialmente AVC, infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca e insuficiência renal crônica.

Nas próximas semanas você vai conhecer mais sobre a hipertensão e ter acesso a dicas de prevenção. Fique ligado no blog!

Compartilhe: