Termos e Condições

Cada "Kit Se Cuida" contém 01 (um) canudo de metal e 01 (um) snack, que será distribuído gratuitamente aos usuários cadastrados.

O Kit estará disponível para retirada até o dia 31 de maio de 2019, no horário das 9h às 17h, na sede administrativa da Unimed Blumenau, localizada na rua das Missões, nº 455, bairro Ponta Aguda, Blumenau (SC).

Válido apenas 01 (um) Kit por CPF cadastrado.
Somente o portador do CPF cadastrado poderá retirar o Kit.
É proibida a comercialização e/ou venda do Kit.
fechar
menu mobile

Alimentação saudável é forte aliada da saúde feminina

Alimentação saudável é forte aliada da saúde feminina
A nutrição é o primeiro passo para uma vida melhor e com mais saúde, e tem papel fundamental em todas as fases da vida da mulher. Estar atenta à alimentação, melhora a qualidade de vida, tanto na juventude quanto na fase de envelhecimento, principalmente com a jornada de trabalho, dedicação à família e ao lar. Manter cuidados diários com a saúde é a melhor forma de prevenir doenças.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, as principais causas de morte da população feminina são as doenças cardiovasculares, destacando-se o infarto agudo do miocárdio e o acidente vascular cerebral; as neoplasias, principalmente o câncer de mama, de pulmão e o de colo do útero; as doenças do aparelho respiratório, marcadamente as pneumonias, doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas, com destaque para o diabetes; e as causas externas.

A fisiologia feminina requer alguns cuidados importantes e mesmo com uma boa alimentação, algumas alterações no cardápio podem fazer maravilhas, aumentando a longevidade e beleza, e o principal: auxiliam na prevenção de doenças. Para isso, vários fatores devem ser considerados na hora da elaboração do cardápio: peso, altura, idade, compleição óssea, atividade física e intelectual, fator estresse, patologias, hábitos alimentares e riscos nutricionais.

Os alimentos contidos nas refeições do dia a dia possuem as mesmas propriedades para todas, no entanto, os benefícios reais de cada alimento dependerão das necessidades nutricionais de cada uma. Alterações hormonais acontecem durante toda a vida e exigem uma maior demanda de nutrientes para manter a saúde em dia. Confira dicas de como se alimentar em todas as fases:

 

Idade Fértil

No período menstrual há maior necessidade de consumir ferro (devido à perda de sangue). Alterações de humor podem ocorrer durante o ciclo e levam à queda de serotonina - hormônio da autoestima. Para melhorar o humor neste período são indicados alimentos que contenham magnésio (cereais integrais, vegetais folhosos escuros e castanhas) e vitamina B6 (feijão, lentilha e grão de bico), importantes para a formação de serotonina.

 

Na gestação

Durante o período gestacional, é muito importante consumir determinados nutrientes que são essenciais para o desenvolvimento do bebê, como: o ácido fólico (lentilha, grão de bico, feijão, alface, brócolis, abacate e castanhas), ferro (carne vermelha, aves e peixes, gema de ovo, frutas secas e cereais integrais) e cálcio (leite de origem animal e derivados, linhaça e couve). Para ter uma gestação saudável, é importante controlar o ganho de peso e evitar produtos industrializados. Isso diminui a probabilidade de desequilíbrios, como a hipertensão arterial, depressão pós-parto e obesidade.

 

Depois dos 30

A queda na produção de colágeno costuma aparecer após os 30 anos, um processo natural do organismo que pode ser amenizado com a ingestão de alguns alimentos, como por exemplo, a vitamina C (acerola, laranja, mamão, goiaba, limão, abacaxi). Após os 30 anos, o aumento vai também para o magnésio, que é encontrado nos cereais integrais, vegetais folhosos escuros e castanhas.

 

A menopausa chegou

O climatério/menopausa não é uma doença e sim uma fase da vida da mulher. A maioria das mulheres passa por ela sem apresentar queixas e sem necessitar de medicamentos. O estilo de vida adotado até aqui influencia diretamente para que essa fase de transição se torne mais leve. Para prevenir a diminuição de nutrientes, o consumo adequado de minerais como cálcio, ferro, zinco (peixes, cereais integrais, leguminosas, levedo de cerveja e milho), magnésio, selênio (brócolis e couve) e vitaminas D (sardinha e gema de ovo), B12 (carnes, leite e queijos) e ácido fólico, são ideais para o adequado funcionamento do organismo e para a prevenção de doenças.

 

Após os 50

Nesta fase é exigido aumento no consumo de cálcio e vitamina D (peixes, espinafre e demais folhas verde escuras), da vitamina B6 (encontrada nos cereais fortificados, produtos de soja), e água (em torno de 2 litros ou mais por dia, isso serve para todas as pessoas em geral).

É importante lembrar que a atividade física e ingestão de água são grandes aliadas da alimentação saudável. Procure sempre orientação do seu médico ou nutricionista, para adequar a alimentação de acordo com as suas necessidades e fase na qual você se encontra.

Compartilhe: